Capítulo 36

Capítulo 36

A barraca, assim como todas as outras, tinha uma base de metal que foi incrivelmente decorada fazendo-a parecer ser feita de madeira por fora. O teto dela era coberto com folhas secas e haviam algumas luminárias enfeitadas com balões de papel. O lado de dentro tinha uma pequena mesa na parte da frente encostada em…

Capítulo 35

Capítulo 35

No sábado as duas acordaram com sensações parecidas. Ansiosas e ao mesmo tempo animadas elas fizeram suas atividades diárias. Maia revisou alguns documentos pela manhã e logo subiu almoçando em seu quarto e, depois, tendo que encarar a difícil missão de escolher uma roupa. Já Alicia teve duas consultas pela manhã e passou a tarde,…

26. A dança das borboletas

26. A dança das borboletas

26 A dança das borboletas   Quando parou com o carro em frente de casa, Maysa perguntava-se como ia fazer para levar os dois para a cama. Tentou sair do carro fazendo o mínimo possível de barulho, mas Agatha despertou mesmo assim.   – Desculpa, não queria te acordar. Deixa só eu o levar para…

Capítulo 34

Capítulo 34

O silencio acompanhou as duas durante o restante do caminho, cada uma delas perdida em seus próprios pensamentos sobre o que haviam acabado de dizer e ouvir. Alicia tentando entender que repercussões aquela declaração de Maia teria em si mesma. Já a mais nova tinha uma bagunça mais confusa em sua mente ao finalmente admitir…

Capítulo 26 – Nem me preocupei em revirar os olhos.

Capítulo 26 – Nem me preocupei em revirar os olhos.

Eu tinha esperanças de que um dia Liz restaurasse o relacionamento com a mãe, mas para isso Izabel precisaria dar o primeiro passo, admitir o mal que fizera a Liz e repensar sua homofobia. Enquanto ela não me mostrasse que havia mudado eu não permitiria que ela chegasse perto da minha futura esposa. Como Liz…

CAPÍTULO 4: FESTA DO INTERIOR

CAPÍTULO 4: FESTA DO INTERIOR

CAPÍTULO 4: FESTA DO INTERIOR A cidade estava linda. Decoração interiorana típica, palanque enfeitado na praça principal, povo alegre, bem vestido, a bandinha de música já animava o público, e perto da igreja várias barracas com comida regional foram armadas. Um parque de diversões também estava pronto atraindo centenas de crianças. O clima agradável da…

Capítulo 25 – Vocês são as irmãs enfado e chateação.

Capítulo 25 – Vocês são as irmãs enfado e chateação.

Suze se recusava terminantemente a me contar o que havia dito a Izabel. Kate nos olhava com fogo nos olhos. – Suze, diga o que você fez de uma vez ou eu vou te fazer falar com minhas próprias mãos – Kate a ameaçou. – Alguém já disse que vocês estragam toda a graça e…

Capítulo 33

Capítulo 33

– Você está bem? – perguntou Alicia assim que conseguiu parar de rir da situação de ambas. Maia ainda estava com o corpo sobre o seu, o rosto da mais nova sobre seu peito, próximo ao seu pescoço. A sensação de ter a menor ali estava embriagando os sentidos da veterinária que não a conseguia…

3 – Na fila do chá

3 – Na fila do chá

Eu sempre pensei que ia encontrar o amor da minha vida na fila do chá, no supermercado. Ficava imaginando diálogos de primeiro encontro: – Você gosta desse chá? – Sim, gosto muito. – E vem sempre aqui? – Sim, sempre – E compra sempre chá? – Sim, compro sempre – E quer tomar chá comigo?…

Passio

Passio

Maria olhou o vidro. O tecido do cortinado pendia emitindo uma luz diáfana. À janela fechada, detinha-se, muda, redonda. Recebia o reflexo roxo do vestido, os cabelos castanhos caídos, os dedos longos voando múltiplos, altos nas direções várias, as mãos sem se saberem. Atrás de si, os móveis da casa refletidos sustentavam-na, envolviam-na, permitindo-lhe a…

CAPÍTULO 3: EU EDITORA

CAPÍTULO 3: EU EDITORA

CAPÍTULO 3: EU EDITORA Meu fim de semana foi inteiro curtindo minha nova casa, além de deixar as coisas mais parecidas comigo, do meu jeito. A Berta muito gentil, mas, muito bisbilhoteira, apareceu por lá com a típica política de boa vizinhança, trazendo uma torta feita por ela mesma, olhou a minha arrumação e deu…

CAPÍTULO 2: PÉ NA ESTRADA

CAPÍTULO 2: PÉ NA ESTRADA

CAPÍTULO 2: PÉ NA ESTRADA Nem me dei conta da decisão que acabara de tomar, mas nem todas as decisões que tomei na vida com toda cautela resultaram em sucesso para mim, não tinha nada a perder mesmo, então era hora de colocar o pé na estrada, rumo a Nova Esperança, o nome da cidade…

Este site apresenta conteúdo erótico, sendo indicado somente para maiores de 18 anos. Permanecendo no site, você afirma ter idade requerida, eximindo a administração do Lesword de qualquer responsabilidade legal mediante a quebra das leis de Censura e de Proteção ao Menor e Adolescente. Literatura Lésbica. Cultura Lésbica. Histórias Lésbicas.